domingo, 25 de abril de 2010

The Hurt Locker

Fui um destes dias ver o vencedor da edição deste ano dos Óscares, The Hurt Locker - Estado de Guerra. Fiquei um pouco desiludido. Mentira, muito, o filme foi uma valente.... A qualidade do filme não consta, a meu ver, da lista de atributos que o fizeram ganhar o Óscar, nomeadamente do argumento, que também ganhou o respectivo prémio, algo que eu considero completamente absurdo. Comparando agora com outro filme que era candidato, "Inglourious Basterds" de Quentin Tarantino, prefiro este último por uma grande margem, sem dúvida. Quanto a dizer que este é o melhor filme sobre a história recente do Iraque, também discordo. Já há bastante tempo atrás, dediquei um post ao filme "Body of Lies" de Ridley Scott. Até ao momento este é o que eu acho melhor relativamente a essa temática terrorismo/Iraque. Assim escolheu a academia, e não pretendendo eu incitar a teorias da conspiração, creio que aproveitou uma boa ocasião para dar o prémio a uma realizadora, pela primeira vez na história.

Sem comentários: