terça-feira, 8 de setembro de 2015

Ser Solidário

Hoje decidi voltar a um dos grandes discos de sempre, na minha opinião, da música portuguesa: 'Ser Solidário', José Mário Branco, de 1982. Um dos maiores cantautores portugueses com uma das suas melhores criações. Um álbum incrivelmente ecléctico, conforme se pode constatar desde logo pela primeira música, intitulada 'Travessia' que começa de modo muito acústico e rapidamente se transforma num rock/blues soberbo. Este álbum é mesmo de uma variedade impressionante, com o quase jazzístico 'Inquietação', com fado, a marcha popular 'Qual é a tua, ó meu?, e muito mais. Um álbum excepcional.

Sem comentários: