domingo, 3 de janeiro de 2016

A propósito de Quentin Tarantino

O Quentin Tarantino é decididamente um dos grandes realizadores de cinema dos últimos 20 ano. Num altura em que estamos próximos da estreia de um novo filme 'The Hateful Eight', decidi escrever esta prosa. 

Convém dizer à cabeça uma ideia que para mim me parece clara e que considero como uma espécie de fatalidade relativamente ao Quentin Tarantino, que é a seguinte: dificilmente ele irá fazer algum filme ao nível do Pulp Fiction (1994). E a razão para isso, e mais importante do que o impacto mediático de Pulp Fiction, que foi enorme, é que o Pulp Fiction é mesmo muito bom, de um nível elevadíssimo! Da mesma maneira poderia dizer que outro dos meus realizadores preferidos, o Paul Thomas Anderson nunca mais fará um filme tão bom quanto o 'Boogie Nights' de 1997 que é uma obra-prima e o meu filme preferido dele. Claro que depois veio 'Magnolia' ou 'There Will Be Blood', muito bons, mas o 'Boogie Nights' é o meu preferido. Apesar disto, com o Tarantino ocorre algo semelhante, pois ele voltou a fazer muito bons filmes depois. E acho que irão continuar. De facto, nenhum deles fez algum filme mau. E o até ao momento penúltimo filme do Tarantino, 'Inglourious Basterds' de 2009, é possivelmente um dos melhores a seguir ao quase inatingível 'Pulp Fiction' e talvez o meu preferido a seguir ao Pulp. Assim sendo é normal que as expectativas sejam altas. Que esperar mais do Tarantino? Ora bem, já vimos um filme de golpada, ou heist movie, o 'Reservoir Dogs'. Um filme de criminosos, tipo romance pulp, o 'Pulp Fiction' claro, uma homenagem aos exploitation movies com o 'Jackie Brown', filmes de acção, mais samurai, kung-fu com Kill Bill (principalmente o primeiro volume), e carros com 'Death Proof'. Um filme de guerra, guys-on-a-mission tipo 'Where Eagles Dare' ou 'The Dirty Dozen' com o 'Inglourious Basterds'. 'Django Unchained' com iconografia western. Para além disso, podemos dizer que o género spaghetti western já foi também por diversas vezes visitado por ele, e se calhar até mais no filme de guerra e no segundo volume de Kill Bill do que propriamente em 'Django Unchained'. O que falta então? Depois, talvez um filme de terror seja uma possibilidade. Já sabemos muito bem que ele é fã dos giallo italianos, de Dario Argento e outros, ou do 'Black Sabbath' de Mario Bava, do 'Carrie' de De Palma.
Para já, temos outro western. Ainda ficam a faltar dois filmes para chegar aos 10 que ele planeia fazer antes de se retirar. Dificilmente serão extraordinários como o Pulp, mas à partida, serão sempre interessantes. E esta estreia que está para breve enche-me de algumas expectativa. Já para não falar de, graças a este filme a sair brevemente, se voltou a falar de cinema, isto é, fita magnética, 35 ou 70 mm, fazendo aquilo que o verdadeiro cinema sempre deveria de ser, 24 frames por segundo criando ilusão de movimento.

Ainda acredito

Ainda acredito e acreditarei sempre. Se bem que agora está mais difícil e as perspectivas não são as mais risonhas. Mas Boavista sempre. Este é o 4º maior clube de Portugal no que diz respeito ao futebol. Este é o 4º clube com mais títulos em Portugal e isto chega para se exigir respeito e reconhecimento que por vezes não é dado, mas que se dá a outros que por fatalidade se mantêm desde há muito tempo como os que não ganham nada e que sem palmarés dizem ser o 4º grande. Este é, actualmente, o clube mais eclético da cidade do Porto e provavelmente do país, o que só por si reafirma a sua enorme importância para as milhares de pessoas que neste clube praticam algum desporto, nomeadamente jovens, configurando assim o que e uma verdadeira instituição de utilidade pública. Apoiarei o Boavista em qualquer instância. Esse ecletismo que só uma grande instituição consegue ter, cumprindo uma relevantíssima função social, continuaremos a tê-lo por muito tempo, e esse palmarés, relembro, o 4º maior no futebol português, também continuara a sê-lo por muito tempo, por muito que custe e doa. E depois do que passamos, este clube durará muitos mais anos, e irá ter aquilo que já muito teve ao longo da sua centenária história, sucesso, estou seguro disso.